sábado, 1 de outubro de 2011

Em Paris Vendo as Niféias

Troisième jour à Paris!!!! (terceiro dia em Paris) XD 

Entrando na Notre-Dame
Comecei o dia pensando hum... "O que vou fazer hoje?" Tinha que pensar nos locais que posso ir com meu Paris Museum Pass, pois tenho mais três dias com ele. Então minha ideia foi: fazer as coisas que realmente quero primeiro, e depois as que não faço tanta questão. Logo, minha programação foi, ver meus museus preferidos hoje - O Musée D`Orsay e o Musée de l`Orangerie. Mas antes, resolvi fazer algo que não tinha feito da primeira vez que vim, subir a torre de Notre-Dame, que também estava inclusa no Museum Pass. 

Então minha ideia foi começar pela Notre-Dame, de lá, ir caminhando pelo Sena (uma boa caminhada para se fazer, diga-se de passagem) até o D`Orsay e depois ir andando até o l`Orangerie. 
Foi tudo bem tranquilo, cheguei na Notre-Dame e obviamente me perdi, pois sou uma perdida no mundo rs. Mas me achei rápido. Como todo mundo, tirei fotos e mais fotos na igreja, não sei vocês, mas eu acho muito divertido observar as pessoas fazendo pose para fotos. Algumas fazem caras e bocas, ficam em posições engraçadíssimas, mas tem umas que fazem a mesma cara para todas as fotos, como se cada flash fosse um suplício rs. 

Vitrais da Catedral
Mas voltando a Notre-Dame:ela é uma catedral que fica num ilha no meio do rio Sena, começo a ser construída em 1163 e demorou quase 200 anos para ficar pronta! Esse tempo justifica seu tamanho absurdo, pois só suas torres tem 69 metros de altura (imagina subir isso tudo a pé ¬¬). Ela foi considerada a maior construção religiosa de Paris até meados século XIII. Além de ser famosa por sua grandiosidade e beleza, Notre-Dame é muito conhecida por ser a "casa"de Quasímodo, o corcunda de Notre-Dame, devido a famosa história de Víctor Hugo.  E foi pela história que eu, e a maioria das pessoas subiram na Torre da catedral rs. 

Gárgula com cara blasé vigiando Paris
Assim que me achei, já fui logo entrando na catedral, achando que a subida da torre fosse lá dentro, não estava muito preocupada com o interior em si, pois o que mais fiz nessa viagem foi entrar em igrejas e/ou mesquitas =P. Mas de novo me surpreendi com seu tamanho e seus vitrais. São lindos, tudo bem que alguns tem imagens de santos, que não sou muito fã, mas mesmo assim, são imensos, monumentais e lindos! Rodei a igreja toda, lá dentro é bem escuro, e fica difícil tirar fotos com um bom foco, mas consegui algumas para mostrar aqui ;) Mas lá dentro não achei a entrada para a torre e, descobri que a subida era pela lateral do lado DE FORA da igreja ¬¬.

Sena visto da Notre-Dame
Bem, lá fui eu para a lateral... OMG!!!! o.O A fila era gi-gan-tes-ca. Pensei comigo mesma, ah mas não entro nessa fila nem que me paguem! Era muito grande. Mas pensei comigo mesma: "Vou ficar aqui, se ela não andar em 20 minutos eu vou embora..." A fila andou, e acabei ficando, 1 hora na fila ¬¬  MAs vou te dizer, valeu a pena. O clima lá é muito corcunda de Notre-Dame mesmo! Os gárgulas, são fantásticos! cada um com uma cara diferente, olhando para uma direção diferente. Somando ainda a vista de Paris, vale todos os 400 milhões de degraus em escada caracol que foram subidos pelos meus joelhinhos sofridos rs. 

Mas fica a dica: chegue cedo na catedral, na hora em que ela abre (lá pelas 9:30 da manhã) e vá direto para a subida das torres, pois a fila é grande e a entrada é limitada para 20 pessoas por vez. Depois da torre, você entra na catedral, pois é de graça e ela é linda com seus vitrais ;)

O relógio do d`Osay
Demorei mais do que esperava em Notre-Dame, já eram quase meio dia, pensei em ir andando pelo Sena, e achar algum lugar para comer.antes de ir no D`Orsay. Caminha pelo Sena é muito gostoso, mesmo nesse calor que anda fazendo por aqui, pois o vento bate e fica fresquinho é muito bom...  Quase chegando no d`Orsay, vi um café muito simpático chamado Café des Beaux Artes. O lugar é meio turístico, mas com cara de Paris, várias mesinhas do lado de fora, um homem sentado lendo jornal, fumando um cachimbo muuuito com cara de inglês rs. Um pouco caro, pra variar (tô começando a achar que não existe nenhum café barato em Paris =P), mas é gostoso, garçom simpático e mesmo eu pedindo a conta ele só me deu depois que eu terminei meu vinho. rs

Van Gogh - d`Orsay
Cheguei no Musée d`Orsay, como estou gostando desse Museum Pass rs, sem filas, não pago. Tudo de bom =P Mas vou te dizer, o d`Orsay é lindo, originalmente, ele foi construído para ser uma estação de trem que ligava Paris a Orleans, com o tempo se tornou uma estação de trem da cidade, durante a Segunda Guerra, serviu como centro dos correios. E em 1971 a estação foi fechada e 2 anos depois o governo francês a transformou em um museu. Que quando visitei pela primeira vez, me apaixonei, com várias estátua lindas no piso 0 e no piso 2 com vários quadros dos impressionistas que eu amo: Monet, Van Gogh, tudo de bom. Da primeira vez que vim, estava eu passeando pelas salas, e vi um quadro que hum... me deixou chocada. Digamos que era o quadro bem grande de uma hum.. vagina. O mais divertido é que as pessoas olhavam para o quadro com um olhar de apreciação, como se olhassem para um Picasso, um Monet, ou até mesmo para Mona Lisa. Era  divertido ver a cara de conteúdo das pessoas rs. 
Georges Seurat - Cirque - d`Orsay
Dessa segunda vez, não foi tão divertido, pois além de quase todo o museu estar fechado para reforma, eles não estão mais deixando tirar fotos! Como assim? 2 anos atrás podia, sem flash, tudo bem, eu entendo. Mas agora não pode fotografar nem filmar! Posso saber o motivo da frescurite? ¬¬  Mas como uma boa brasileira esperta que eu sou rs peguei meu celular e mandei brasa =P Então não reparem muito na qualidade das fotos rs.  Mas mesmo em obras, eles mantiveram expostos os principais quadros (ou pelo menos os que eu queria ver rs).  Mas mesmo estando cheio de frescurites, o d`Orsay ainda é um excelente museu para se visitar ;)

Marcas dos amores
Saindo de lá, fui atravessar o Sena para ir ao l`Orangerie e, atravessando a ponte comecei a entender melhor porque Paris é uma cidade tão romântica. A ponte se chama Passerelle Solférino e como toda turista, parei ali para tirar fotos no rio Sena, que tem  uma vista fantástica. Quando me deparo com a grade da passarela, cheia de cadeados, com nome de pessoas escrito em cada um deles. E observando cada um, vi que eram nomes de casais! Achei muito fofo, como se aquele cadeado simbolizasse a ligação o amor que aqueles dois sentem um pelo outro. Naquele momento queria alguém para chamar de meu rs

As ninféias de Monet
Mas passado meu momento amar é... voltei ao passeio, me encontrar com uma das minhas paixões em Paris, mas essa infelizmente não da pra chamar de minha =/ Cheguei ao Musée de l`Orangerie, onde estão as Niféias de Monet, que são as minhas paixões nessa cidade, posso ficar olhando para elas o dia todo e não me canso! Meu único medo era chegar lá e não poder tirar fotos também... Juro pra vocês que ia dar um ataque de piti infectado! Mas  graças aos curadores com bom senso rs podia. Só que eu só tinha 45 minutos para visitar o museu, pois já passava das 17 horas.  Mas isso não era problema, pois o que eu mais queria ver eu consegui! XD Tirei uma porção de fotos. As ninféias, sào quadros gigantes feitos pelo Monet, no museu, eles ficam em dois salões ovais com bancos no centro em que você pode ficar sentado só admirando o trabalho. 

Parte de uma das niféias
Fiquei a maior parte do tempo ali, mas lá também tem alguns quadros do Renoir, outro artista que eu também adoro. Mas a passada pelos quadros dele foi rapidinha, pois o museu infelizmente já estava fechando.  Saindo de lá, fiquei relaxando novamente nos Jardin des Tuileries, onde fica o l`Orangerie. 

Palácio de Luxemburgo
Resolvi finalizar o dia nos jardins de Luxemburgo, que também são muito bonitos, mas nào pude ficar muito tempo, pois o parque fechava as 19 horas =/. Todo mundo foi "expulso" do parque rs. Muita gente sentada na grama, pegando os ultimos raois de sol do dia, e o guardinha veio apitando e pedindo para todomundo sair.  Mas consegui relaxar um pouquinho e tirar umas boas fotos ;) Resolvi voltar para o hotel mais cedo, pois pretendia ir a Versailles amanhã e teria que sair cedo para pegar o trem. Passei no mercado aqui perto do hotel comprei uma saladinha pra eu comer e descansar as pernocas para o dias seguinte. 
Ah a maldita salada.... essa história fica pra amanhã ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário